?
Alto Contraste
(31) 99597-7864
Fale conosco
Roteiros

PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04

PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 1
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 1
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 2
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 3
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 4
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 5
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 6
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 7
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 8
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 9
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 10
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 11
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 12
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 13
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 14
PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS - 17 À 19/04 - Foto 15

- INFORMAÇÕES GERAIS: A Travessia Petrópolis Teresópolis é uma das caminhadas mais conhecidas e famosas do Brasil. Está localizada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos em meio à exuberância da Mata Atlântica. Com muitas subidas e descidas íngremes é considerada uma caminhada difícil. Liga os municípios de Petrópolis e Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, e geralmente é realizada em três dias. A navegação em dias de neblina se torna muito difícil e existem trechos técnicos como Elevador, Mergulho e Cavalinho que exigem muito cuidado e perícia do montanhista. A beleza cênica da travessia encanta em lugares marcantes como os Castelos do Açu, Morro do Marco, Portais de Hércules, a icônica Pedra do Garrafão e a Pedra do Sino. A vista que se tem do alto dos Castelos do Açu por exemplo é possível avistar todo o Rio de Janeiro e a Baía de Guanabara além de toda a cadeia de montanhas da Serra dos Órgãos com o tempo limpo.
u


- INFORMAÇÕES TÉCNICAS - LOCAL: Parque Nacional da Serra dos Órgãos/RJ - AMBIENTE: Serra dos Órgãos - DURAÇÃO: 03 dias e 02 noites - DIFICULDADE: Difícil - TOTAL DE CAMINHADA: 30 km - MODALIDADE: Mochila Cargueira com pernoite em Camping


- ENCONTRO EM PETRÓPOLIS/RJ:

QUARTA-FEIRA - 17/04

06h00 - Encontro com o grupo em local a ser agendado em Petrópolis/RJ, transfer para o Parque Nacional com previsão de início da Travessia às 08h00.


- PROGRAMAÇÃO:

QUARTA-FEIRA - 17/04

O primeiro dia da travessia Petrópolis Teresópolis é o mais exigente, durante o caminho até o abrigo do Açu se ganha uma altitude de aproximadamente 2200 metros. A trilha do Morro do Açú segue através de uma mata fechada e com uma subida forte até a Pedra do Queijo. A trilha fica um pouco menos íngreme até a chegada ao Ajax, local que possui um ponto de abastecimento de água. Após o Ajax chega-se ao ponto considerado como o mais difícil da subida para os Castelos do Açu, a Isabeloca. Esta subida tem este nome em homenagem a uma suposta passagem da Princesa Isabel no local. Vencida a Isabeloca e após cruzar o Chapadão, chega-se aos Castelos do Açu, primeiro local de pernoite e onde está localizado o primeiro abrigo da Travessia Petrópolis Teresópolis.
uu

- Distância percorrida de caminhada: 08 km.

U

QUINTA-FEIRA - 18/04

O segundo dia é sem dúvida o trecho mais bonito da Travessia Petrópolis Teresópolis. Todo percurso é feito em uma altitude média de 2.000m. Após sair do Castelos do Açu, cruza-se um vale e em seguida sobe-se até o cume do Morro do Marco. Após a descida deste morro, chega-se ao Vale do Luva, após subir até o cume do Morro da Luva, a trilha segue por mais um trecho de lajedo de pedra, onde a navegação é complicada, até atingir o Elevador. O elevador é uma escada feita de vergalhões de aço presos a uma pedra íngreme que dá acesso ao cume do Morro do Dinossauro. No cume do Morro do Dinossauro se tem a primeira grande vista da Pedra do Garrafão e Pedra do Sino. Após descer ao Vale das Antas, a trilha segue até o cume do Morro da Baleia, local de onde se tem uma visão do paredão da Pedra do Sino, Garrafão e da canaleta de onde está localizado o Cavalinho. O Cavalinho tem esse nome por se tratar de uma pedra que para atravessar é necessário fazer um movimento semelhante ao de montar um cavalo. Ao cruzar o Cavalinho a trilha segue pela canaleta até contornar a Pedra do Sino e chegar a uma bifurcação que dá acesso ao cume do Sino e ao abrigo 4. A Pedra do Sino é o ponto alto da travessia. No seu cume se tem uma visão 360º incrível, sendo possível avistar diversas cadeias montanhosas da região, o Rio de Janeiro e inclusive o Pico das Agulhas Negras e Serra Fina, nos dias mais claros.

Bônus: A equipe irá avaliar as condições dos participantes e da trilha para ataque até o local conhecido como Portais de Hércules. O Trajeto aumenta a caminhada em aproximadamente mais 06 km.
uu

- Distância percorrida de caminhada: 09 km.

u

SEXTA-FEIRA - 19/04

O terceiro dia é o menos exigente da travessia. A trilha segue toda em declive até a barragem, ponto final da travessia. Durante a descida cruza-se duas cachoeiras onde o destaque é o Véu da Noiva de Teresópolis com 16 metros de altura que em determinadas épocas do ano fica seca. Ao fim da travessia teremos um transfer até Teresópolis/RJ, de onde o participante retornará para a sua cidade de origem.
uu

- Distância percorrida de caminhada: 13 km.

UUUUUUUUUUUUUU

Reservamos o direito de cancelar ou alterar todos os serviços praticados ao ar livre por motivos externos, como fatores climáticos, de acesso ou outros que a equipe julgue poder interferir na segurança do grupo.

U

- FIM DA TRAVESSIA:


15h00 - Retorno para Belo Horizonte/MG com previsão de chegada às 22h00.

uuuu

Nota: Os horários estão sujeitos à atrasos por questões de trânsito, fatores climáticos, de acesso, segurança ou outros que possam influenciar na viagem.

UUUUUUU


UUUUUUUUUUUUUUU

- EQUIPAMENTOS E ITENS GERAIS:

O QUE LEVAR
Mochila cargueira (40 a 60 Litros). Barraca, saco de dormir com preferência conforto 5º e isolante térmico.

PARA CAMINHAR
Camisetas de secagem rápida do tipo Dry-Fit própria para a prática de caminhada; calças de poliamida, tactel ou semelhante; bota amaciada; óculos escuros; chapéu ou boné; lanterna - prefira headlamp (lanterna de cabeça) pela praticidade; Um par de bastões de caminhada para equilíbrio, estabilidade e para reduzir o impacto nas articulações e o sobrepeso dos membros inferiores - uma unidade já ajuda (opcional).

Observações.:
1) Evite roupa de ALGODÃO para caminhar. O algodão retém água e demora secar.
2) Não aconselhável caminhar de bermuda e camiseta de manga curta devido a vegetação alta em alguns pontos.

PROTEÇÃO PARA O FRIO
1ª camada: aquela que estará em contato com a pele, tipo uma "segunda pele". A principal função desta camada é transferir a umidade do suor para fora. Alguns materiais ainda possuem características térmicas.

2ª camada: aquele que vem por cima da "segunda pele", e sua função principal é aquecer. O material mais comum dessa camada é o fleece, ou pile.

3ª camada: impermeável e corta-vento (anorak). O material mais conhecido é o Gore-Tex.

Proteção adcional: gorro e luvas; cobertor de emergência - manta em alumínio que mantém o calor corporal em situação de emergência. É encontrado em Lojas de camping e pesca, assim como nas lojas especializadas em equipamentos e vestuário para Trekking.
uu

OUTROS
Capa de chuva; protetor solar corporal e labial; potabilizador de água (Clorin ou Hidroesteril), repelente; kit primeiro socorros e remédios pessoais; material de higiene pessoal; sacolinhas para o seu lixo.

ALIMENTAÇÃO (LANCHES DE TRILHA)
Recipiente suficiente para 1,5L à 2L de água; sanduíche natural; frutas; castanhas e frutas desidratadas; biscoito; barra de cereal; isotônico ou carboidrato em gel.

ALIMENTAÇÃO (JANTAR)
Cada participante deverá ser responsável por preparar a sua janta.


Investimento R$680,00

- INCLUSO NO PACOTE:

- Transfer local (Petrópolis/RJ x Parque Nacional x Teresópolis/RJ);
- Reserva e agendamento prévio para autorização da travessia junto ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos;
- Serviço de guia local credenciado;
- Serviço de guia Ecopix Trekking especializados em trilhas de longo curso, equipado com GPS e rádios comunicadores;
- Sistema de monitoramento via satélite bidirecional - Tecnologia Spot X;
- Kit primeiros socorros e equipamentos de segurança coletivos;
- Equipamentos de segurança individual e coletivo para a travessia;
- Seguro pessoal individual Roca Seguradora - Turismo Seguro.


Itens não inclusos:
- Todos os itens não relacionados acima.

  • Aventura monitorada em tempo real via Satélite - Tecnologia Spot
  • Possuímos Certificação Internacional WFA (Wilderness First Aid) para Primeiros Socorros
  • Empresa cadastrada no Cadastur - Ministério do Turismo do Governo Federal
    uu

FORMAS DE PAGAMENTO:

  • Boleto: O participante poderá pagar em qualquer agência bancária, loteria e também através de internet banking, não cobramos taxa para a emissão de boletos.
  • PIX: Utilize a seguinte Chave CPF para pagamento sob o nome de Rogério Andrade de Souza: 03095375689
  • Crédito: para os pagamentos via crédito o cliente poderá efetuar a compra parcelando em até 18x. Ao optar pelo pagamento parcelado, será acrescida a taxa de 2,99% para cada parcela. Solicite o Link para pagamento.

> Consulte outras opções de parcelamento sem acréscimos.
> Após a realização do pagamento, entrar em contato através dos nossos canais de atendimento.



POLÍTICA DE CANCELAMENTO

Em caso de cancelamento por iniciativa do cliente, de acordo com a deliberação Normativa nº 161 de 09 de agosto de 1985 da EMBRATUR, faremos a devolução conforme condições abaixo:

  • Cancelamento até 30 dias do início da viagem: 90% do valor pago antecipadamente;
  • Cancelamento entre 29 e 21 dias do início da viagem: 80% do valor pago antecipadamente;
  • Cancelamento entre 20 e 7 dias do início da viagem: 50% do valor pago antecipadamente;
  • Cancelamento a menos de 7 dias do início da viagem: Sem devolução.

REGRAS DO TURISMO ECOLÓGICO

  • Você é responsável pela sua segurança;
  • Só faça aquilo que sua condição física assim permitir;
  • Mantenha-se sempre na trilha e não saia da vista dos seus guias, em caso de necessidade avise;
  • Leve todo seu lixo de volta para a cidade;
  • Não faça fogueiras;
  • Respeite os animais e as plantas;
  • Deixe cada coisa em seu lugar;
  • Seja cortês com os companheiros do grupo, outros visitantes e com os moradores locais.

PARA A SUA SEGURANÇA, LEIA COM ATENÇÃO

Atividades que ocorrem ao ar livre estão sujeitas aos perigos e riscos ambientais naturais, que incluem: animais peçonhentos, terrenos acidentados e escorregadios, queda e rolamento de pedras, variações climáticas bruscas, raios e cabeças ou trombas d'água (chuvas fortes nas cabeceiras com aumento rápido e dramático do volume de água). Ainda que um Parque Nacional, toda nossa expedição será em área considerada remota, por isso a comunicação e o transporte são difíceis. Buscas, evacuações, socorro ou cuidados médicos imediatos podem demorar muito. As lesões mais comuns em ambientes naturais são: escoriações, entorses, fraturas, hipotermia, hipertermia, hemorragia, desidratação, afogamento, reações alérgicas e lesões causadas por raios. Dependendo do tipo e da gravidade, estas lesões podem levar a traumas permanentes ou à morte. Lembre-se de que, ao praticar quaisquer atividades ao ar livre, Você é inteiramente responsável por seus atos, mesmo dentro dos limites da unidade de conservação e ou liderados pelo seu guia. Toda a orientação necessária para a boa condução da atividade será repassada pelos guias e todos os participantes segurados pela Roca Seguradora.


Em complemento a este roteiro por favor ler o Institucional da nossa Empresa: https://www.ecopixtrekking.com.br/institucional

Fale conosco